OU É SANGUE,OU DOR...
QUAL VOCÊ ESCOLHE?!...
EU ESCOLHO
OS DOIS...
Ocorreu um erro neste gadget

Revista Atrevida 2010

Atrevida de fevereiro


Selena Gomez

Confissões da It Girl que se tornou a queridinha dos adolescentes do mundo todo, é BFF de Demy Lovato e já ficou com os gatos Taylor Lautner e Nick Jonas!



*Carnaval: Um manual mais que completo para você aproveitar cada canto do Brasil nesse carnaval. Você vai achar o que é a sua cara e o que você não pode perder!

*MODA: Os curtinhos e estampados tão bonitos que deixam qualquer garota linda!



*Desembarangue já: A atrê de dá 30 dicas para se recuperar e voltar às aulas melhor do que antes.



*Promessa: Sabe aquela garotinha irritando do filme Escola do Rock? Ela cresceu e está com tudo. Descubra tudo sobre Miranda Crosgrove!

* SOS Saúde: Férias é tempo de atacar as guloseimas agora é hora de voltar a vida real! A atrê de ajuda a fazer umas trocas básicas que vão te deixar mais saudável e mais bonita. Experimenta!


*ESPECIAL 15 ANOS: Angélica e Jeito Moleque + 15 minutos com Felipe Solari + 15 dicas para acertar nos convites

*GATO: Harry Potter que se cuide porque Logan Lerman chegou para roubar os olhares das meninas com o filme Percy Jackson e o ladrão de raios.


E mais:

A Atre te conta como conquistar aquele príncipe encantado e não se enganar com os sapos por aí.

+ Saiba quem são as novas Superatrês!





Atrevida de janeiro


Taylor Swift

Tudo sobre a cantora country mais querida do mundo! Em nossa entrevista ela conta sobre o sucesso que conquistou, como compõe suas músicas e ainda desabafa sobre o desafio de ser uma garota de apenas 20 anos, com responsabilidades de um adulto de 45 anos.


E mais:

*BJO: COMOFAZ? Um manual para arrasar no beijo!

*MODA: As cores do verão! Moda flúor para você colorir o visual.



*AMOR DE VERÃO: um passo a passo descolado para conquistar, curtir e se despedir daquele gato que conheceu nas férias.

*EU QUERO SER POP: Será que vale tudo pela fama?

* REPÓRTER POR UM DIA: Uma leitora da Atrê passou um dia inteiro nos bastidores de um festival de música de São Paulo.


*ESPECIAL 15 ANOS: Claudia Leitte e Nando Reis, dicas para arrasar no visual na festa e 15 Minutos com Jason Mraz.

*BRONZEADO SAUDÁVEL: Como aproveitar o melhor do verão sem colocar em risco a sua pele.


E mais:

Atores de New Moon contam quais personagens gostariam de interpretar + Jeito Moleque + KSM + as garotas do McFly

Ares Galaxy


O Ares Galaxy é um compartilhador de arquivos que trabalha em rede descentralizada (P2P), permitindo a troca direta entre usuários. Com ele você pode buscar e copiar qualquer arquivo disponibilizado por outras pessoas, como músicas e vídeos.

Considerado por muitos como um dos melhores compartilhadores da internet, o Ares Galaxy fornece buscas rápidas a uma enorme quantidade de arquivos.

Em uma interface muito intuitiva e que pode ser traduzida para o português, você digita palavras-chave e obtém em instantes o resultado dessa pesquisa.


Seu sistema de download pesquisa automaticamente mais fontes do arquivo requisitado, permitindo baixar simultaneamente o mesmo arquivo de diferentes locais. Fator positivo nesse tipo de programa, já que nem sempre o “dono” do arquivo requisitado está online e, caso isso ocorra, a transferência fica parada.


Converse com os demais usuários

O Ares também conta com salas de bate-papo da comunidade e o usuário é capaz de criar sua própria sala. Mais do que fazer novas amizades, você pode conversar com o dono do arquivo original, perguntando algumas informações básicas. Interatividade é um termo que descreve bem o Ares Galaxy, devido às novas tecnologias de informação e comunicação presentes neste software.


Assista aos vídeos baixados no player do Ares

Ares Galaxy possui um player acoplado ao sistema, permitindo a você pré-visualizar arquivos de áudio e vídeo enquanto são baixados, além de criar listas de reprodução com vídeos e músicas.
Esse recurso é interessante para os usuários que estão em dúvida se as músicas ou os vídeos encontrados no Ares, realmente, são aqueles que ele deseja. Já pensou deixar seu computador horas e mais horas fazendo a transferência de um vídeo e, no momento de assistir a ele, deparar-se com outra história?

Além da pré-visualização do arquivo durante a transferência, você pode perfeitamente criar uma biblioteca de arquivos e ouvir seus sons ou assistir aos vídeos baixados sempre que desejar direto no player.Converse com os demais usuários

O Ares também conta com salas de bate-papo da comunidade e o usuário é capaz de criar sua própria sala. Mais do que fazer novas amizades, você pode conversar com o dono do arquivo original, perguntando algumas informações básicas. Interatividade é um termo que descreve bem o Ares Galaxy, devido às novas tecnologias de informação e comunicação presentes neste software.


Limite de banda e de arquivos


Por meio do Painel de Controle é possível limitar o número máximo e largura da banda (KB/s) para downloads e uploads. Desse modo, você pode dividir a banda com outras aplicações, garantindo que o desempenho de nenhum programa seja afetado. No fórum do software você tira suas dúvidas, envia sugestões, relata problemas e fica sabendo das últimas atualizações.

Para quem procura um compartilhador de arquivos que realmente desempenha o processo de transferência com rapidez, principalmente de músicas e vídeos, vai encontrar no Ares Galexy uma das melhores opções do mercado.

Alvin e os Esquilos 2


é a sequência de Alvin e os Esquilos. Este filme é produzido pela Regency Enterprises e Bagdasarian Productions, distribuído pela 20th Century Fox. Em 28 de julho de 2008, foi confirmado que Jason Lee irá retornar como Dave Seville e que Justin Long, Matthew Gray Gubler e Jesse McCartney vai regressar como as vozes de Alvin, Simon e Theodore. O filme está sendo filmado no Woodrow Wilson Clássica High School em Long Beach, Califórnia. As vozes das esquilletes serão feitas por Christina Applegate, Anna Faris e Amy Poehler. A estreia nos EUA aconteceu no dia 23 de dezembro de 2009 e no Brasil as pré-estréias aconteceram no 25 de dezembro de 2009 e a estréia acontece 8 de janeiro de 2010.


Sinopse

Na seqüência, Dave se acidenta e faz Alvin, Simon e Theodore ,que estão sob a tutela de Toby irem para a escola, dizendo que é "bom para eles." Pouco ele sabia que, agora, eles começaram a se sentir como "Esquilos Fora de Água", pois não são tratados como "Estrelas do Rock" ,e sim como outros alunos qualquer . Entretanto, Ian que fugiu da prisão está a procura de animais que podem cantar e dançar. Ele encontra as Esquilettes e as engana ,fazendo-as pensar que ele é um homem bom ,enquanto isso ,na escola ,a diretora convence os esquilos a representar a escola numa competição ,mas Ian soube disso e inscreveu as esquilas ,para que elas tirem os esquilos de moda ,e representem a escola no lugar dos garotos , oque inicia uma competição entre as bandas.


Elenco


Vozes

* Justin Long na voz de Alvin
* Matthew Gray na voz de Simon
* Jesse McCartney na voz de Theodore
* Christina Applegate na voz de Brittany
* Anna Faris na voz de Jannete
* Amy Poehler na voz de Heleonor


Pessoas


* Zachary Levi como Tobi Seville
* Jason Lee como Dave Seville
* Wendie Malick como Diretora Rubi
* Kevin G. Schmidt como Ryan Miller
* Anjelah Johnson como Julie Ortega
* Bridgit Mendler como Becca Kingston
* Chris Warren Jr. como Xander
* David Cross como Ian Hawke


Trilha Sonora


1. You Really Got Me - Os Esquilos (feat. Honor Society)
2. Hot N Cold - As Esquilletes
3. So What - Os Esquilos
4. You Spin Me Round (Like A Record) (Paródia de Right Round) - Os Esquilos
5. Single Ladies (Put A Ring On It) - As Esquilletes
6. Bring It On - Os Esquilos
7. Stayin' Alive - Os Esquilos
8. Song - As Esquilletes (feat. Queensberry)
9. Say Ok - As Esquilletes
10. Shake Your Groove Thing - Os Esquilos e As Esquiletes
11. Put Your Records - As Esquiletes
12. I Want To Know What Love Is - Os Esquilos
13. We Are Family - Os Esquilos e As Esquiletes
14. No One - As Esquiletes(feat. Charice)
15. I Gotta Feeling - Os Esquilos e As Esquilletes

Akon


Aliaune Badara Akon Thiam, mais conhecido como Akon, (St. Louis, 30 de abril de 1973)é um cantor de R&B e hip hop americano de origem senegalesa e wolof, também é compositor, rapper e produtor musical. Akon chegou à fama em 2004 após o lançamento de seu single "Locked Up", do seu álbum de estreia Trouble. Seu segundo álbum, Konvicted, foi indicado para o Grammy Award juntamente com o single "Smack That". Ele é o fundador da Konvict Muzik e Kon Live Distribution.
Ele é conhecido por realizar trabalhos com vários artistas, tendo mais de 155 participações, e 23 canções registradas nos gráficos da Billboard Hot 100. Ele é o único artista a conseguir ficar ao mesmo tempo em primeiro e em segundo lugares simultaneamente nos gráficos da Billboard Hot 100, duas vezes, com "Don't Matter" e "The Sweet Escape".Akon é filho do percussionista de jazz, Mor Thiam e fala inglês, francês e wolof.


Álbuns de estúdio


* 2004 - Trouble
* 2006 - Konvicted
* 2008 - Freedom
* 2010 - Stadium Music


Prêmios e indicações


* American Music Awards
o 2007, Favorito Masculino R&B/Soul Artista (Vencedor)
o 2007, Artista Pop Masculino Favorito/Artista de Rock (Indicado)
o 2007, Artista do Ano (Indicado)

* BET Awards
o 2007, Melhor Artista Masculino de R&B (Indicado)
o 2007, Melhor Colaboração: "I Wanna Love You" (Indicado)
o 2007, Melhor Video do Ano: "I Wanna Love You" (Indicado)

* BET Hip-Hop Awards
o 2007, Melhor Colaboração: "We Takin' Over" (Indicado)
o 2007, People's Champ Award: "We Takin' Over" (Indicado)

* Grammy Awards
o 2008, Melhor Álbum de R&B Contemporâneo: Konvicted (Indicado)
o 2008, Melhor Colaboração de Rap/Canto: "I Wanna Love You" (Indicado)
o 2008, Melhor Performance de R&B em Duo ou Grupo: "Bartender" (Indicado)
o 2008, Melhor Colaboração Pop c/ Vocais: "The Sweet Escape" (Indicado)
o 2007, Melhor Colaboração de Rap/Canto: "Smack That" (Indicado)

* MOBO Award
o 2007, Melhor Representação de R&B (Indicado)
o 2007, Melhor Representação Internacional (Indicado)

* MTV Video Music Awards
o 2007, Melhor Artista Masculino (Indicado)
o 2007, Most Earth Shattering Collaboration: "The Sweet Escape" (Indicado)
o 2007, Most Earth Shattering Collaboration: "Smack That" (Indicado)
o 2005, MTV2 Award: "Locked Up" (Indicado)

* MTV Europe Awards
o 2007, Melhor Álbum: Konvicted (Indicado)
o 2005, Melhor Descoberta Act (Indicado)
o 2005, Melhor Execução de Hip Hop (Indicado)

* Teen Choice Awards
o 2007, Choice Male Breakthrough Artist (Vencedorr)
o 2007, Choice R&B Artist (Indicado)
o 2007, Choice Love Song: "Don't Matter" (Indicado)
o 2007, Choice Music Single: "The Sweet Escape" (Indicado)

* Vibe Music Awards
o 2007, Coolest Collaboration: "We Takin' Over" (Indicado)
o 2005, Hottest Hook: "Soul Survivor" (Indicado)
o 2004, Hottest Hook: "Locked Up" (Indicado)

A-HA


a-ha é uma banda norueguesa de synthpop formada pelo vocalista Morten Harket, o guitarrista Paul Waaktaar-Savoy e o tecladista Magne Furuholmen.

Após formarem o grupo em 1982, saíram da Noruega rumo a Londres com o objetivo de fazer uma carreira no mundo da música. A origem do nome a-ha surgiu após Mags ter lido este termo num caderno de anotações de músicas e outras composições de Paul. O "a-ha" vem da exclamação "aha!!", no sentido de surpresa ou algo novo; Mags sugeriu este nome para a banda, e Paul gostou da idéia, a medida que eles queriam um nome de fácil memorização e que mais se aproximasse do som da língua norueguesa. Depois de pesquisarem dicionários em várias línguas, o grupo descobriu que 'a-ha' era uma forma internacional de expressar reconhecimento, com conotações positivas. Era uma palavra fácil e pouco utilizada.

Suas canções de maior sucesso são "Take On Me", "The Sun Always Shines On TV", "Hunting High And Low", "Stay On These Roads", "You Are The One" e "Crying In The Rain".


Integrantes


Morten Harket - vocais
Paul Waaktaar-Savoy - guitarra
Magne Furuholmen - teclados


Álbuns


* Hunting High and Low (28 de outubro de 1985)
* Scoundrel Days (6 de outubro de 1986)
* Stay on These Roads (3 de maio de 1988)
* East of the Sun, West of the Moon (22 de outubro de 1990)
* Memorial Beach (14 de junho de 1993)
* Minor Earth Major Sky (17 de abril de 2000)
* Lifelines (2 de abril de 2002)
* Analogue (4 de novembro de 2005)
* Foot of the Mountain (12 de junho de 2009)



Singles


* "Take On Me" (19 de outubro de 1984) (lançado apenas na Europa)
* "Love is Reason" (abril de 1985) (lançado apenas na Noruega)
* "Take On Me" (5 de abril de 1985)
* "Take On Me" (16 de setembro de 1985) (mesmas faixas da versão anterior, com outra capa)
* "The Sun Always Shines On TV" (16 de dezembro de 1985)
* "Train Of Thought" (24 de março de 1986)
* "Hunting High And Low" (2 de junho de 1986)
* "I've Been Losing You" (22 de setembro de 1986)
* "Cry Wolf" (24 de novembro de 1986)

* "Manhattan Skyline" (16 de fevereiro de 1987)

* "The Living Daylights" (22 de junho de 1987)
* "Stay on These Roads" (14 de fevereiro de 1988)
* "The Blood That Moves The Body" (6 de junho de 1988)
* "Touchy!" (15 de agosto de 1988)
* "You Are The One" (21 de novembro de 1988)
* "There's Never A Forever Thing" (1989) (lançado apenas no Brasil)
* "Crying In The Rain" (1 de outubro de 1990)
* "I Call Your Name" (3 de dezembro de 1990)
* "Early Morning" (25 de fevereiro de 1991)
* "Waiting for Her" (25 de maio de 1991) (lançado apenas no Japão)
* "Move To Memphis" (14 de outubro de 1991)
* "The Blood That Moves The Body" (30 de março de 1992)
* "Dark Is The Night" (24 de maio de 1993)
* "Angel" (6 de setembro de 1993)
* "Lie Down In Darkness" (9 de setembro de 1993) (lançado apenas nos EUA)
* "Shapes That Go Together" (14 de março de 1994)
* "Summer Moved On" (22 de maio de 2000)
* "Minor Earth Major Sky" (10 de julho de 2000)
* "Velvet" (setembro de 2000)
* "The Sun Never Shone That Day" (21 de setembro de 2000)
* "Minor Earth Major Box" (26 de fevereiro de 2001) (caixa contendo os quatro últimos singles)
* "Forever Not Yours" (2 de abril de 2002)
* "Lifelines" (8 de julho de 2002)
* "Did Anyone Approach You?" (30 de setembro de 2002)
* "The Sun Always Shines On TV - live" (10 de março de 2003)
* "Celice" (7 de outubro de 2005)
* "Birthright" (27 de outubro de 2005) (lançado apenas nas rádios norueguesas)
* "Analogue (All I Want)" (23 de janeiro de 2006)
* "Cosy Prisons" (6 de abril de 2006)
* "Foot Of The Mountain" (24 de abril de 2009)
* "Nothing Is Keeping You Here" (21 de setembro de 2009)
* "Shadowside" (16 de outubro de 2009)


Álbuns ao vivo


* The Living Daylights (29 de junho de 1987)
* a-ha Live at Vallhall – Homecoming Grimstad Benefit Concert (2001)
* How Can I Sleep With Your Voice In My Head (25 de março de 2003)


A banda norueguesa a-ha volta ao Brasil em março para apresentar sua turnê de despedida. ATé o momento foram divulgados quatro shows: Bauru, no dia 9; São Paulo, no dia 10; Rio de Janeiro, dia 13, e Belo Horizonte, no dia 14.

Em São Paulo, os ingressos custam de R$ 100 a R$ 400. No Rio, de R$ 160 a R$ 250. Já em Belo Horizonte, as entradas custam entre R$ 140 (pista - primeiro lote) e R$ 250 (pista premium - lote único). O show de Bauru ainda não tem os valores divulgados.

Os ingressos já estão em pré-venda para clientes dos cartões Credicard, Citibank e Diners e estarão disponíveis para o público em geral a partir do dia 21 de dezembro nas bilheterias oficiais, pela internet, pelos telefones 2846-6000 (São Paulo) e 0300-7896846 (outras cidades) e nos demais pontos de vendas do país. Para Belo Horizonte, a pré-venda é de 17 a 23 de dezembro e abertura de vendas em 24 de dezembro.

No repertório dos shows estarão músicas do disco mais recente do trio, "Foot of the Mountain", lançado em 2009, além de sucessos de carreira, como "Take on Me" e "Hunting High and Low".

A visita mais recente do grupo formado por Morten Harket, Paul Waaktaar-Savoy e
Magne Furuholmen ao país foi em março de 2009.


A-HA EM SÃO PAULO


Quando: 10/03/2010, às 21h30
Onde: Credicard Hall (av.das Nações Unidas, 17.955)
Quanto: de R$ 160 a R$ 400
Ingressos: pela internet, pelos telefones 2846-6000 (São Paulo) e 0300-7896846 (outras cidades) e nos demais pontos de vendas do país


A-HA NO RIO DE JANEIRO



Quando: 13/03/2010, às 22h
Onde: Citibank Hall (av. Ayrton Senna, 3000)
Quanto: de R$ 100 a R$ 250
Ingressos: pela internet, pelos telefones 2846-6000 (São Paulo) e 0300-7896846 (outras cidades) e nos demais pontos de vendas do país


A-HA EM BELO HORIZONTE


Quando: 14/03/2010, às 20h
Onde: Chevrolet Hall (av. Nossa Senhora do Carmo, 230)
Quanto: de R$ 140 a R$ 250
Ingressos: pela internet, pelos telefones 2846-6000 (São Paulo) e 0300-7896846 (outras cidades) e nos demais pontos de vendas do país

Aerosmith procuram substituto para Steven Tyler

Banda quer encontrar um novo vocalista para partir em digressão no Verão


Os Aerosmith estão mesmo à procura de um novo vocalista. Em declarações à agência de notícias canadiana QMI, o guitarrista Joe Perry confirmou que a banda quer encontrar um substituto para Steven Tyler.

Perry disse que, depois da sua digressão a solo pelo Canadá - que termina a 5 de Fevereiro -, os Aerosmith «começarão a realizar algumas audições e a fazer alguns telefonemas».

«Se tudo correr bem, encontraremos um novo vocalista antes do Verão e os Aerosmith poderão voltar à estrada», acrescentou.


Segundo a agência Reuters, Steven Tyler encontra-se actualmente em reabilitação para combater o vício a analgésicos. Em Dezembro, o cantor de 61 anos anunciou que planeava voltar a «compor, gravar e actuar com os Aerosmith, assim que tudo se recompusesse». Mas, para Joe Perry, as coisas poderão não acontecer assim tão facilmente.

«O Steven precisa de ser operado à perna e ao pé e isso vai deixá-lo de fora durante cerca de um ano, um ano e meio. A banda quer tocar, eu quero tocar com o resto dos Aerosmith. Então vamos encontrar alguém para preencher essa vaga», comentou o guitarrista.

«O mesmo aconteceu quando o Tom adoeceu - contratámos o David Hull para tocar baixo. Quando o Brad esteve doente, fomos buscar alguém para o substituir. É assim que eu vejo esta situação: precisamos de um novo cantor para substituir o Steven.»

Absinto


Absinto Hall


Casa de eventos em Santa Maria.



Informações Complementares


Faixa de Preço: até R$ 20
Horário: De seg, sex e sab a patir das 23h30
Idade Mínima: 18
Faixa Etária: de 18 a 22
Gênero: Axé/Pagode&Cia.
Site: Site Oficial


Resenha

O Absinto Hall localiza-se dentro da área de serviços do Monet Plaza Shopping, em Santa Maria. Com uma área de oitocentos metros quadrados, a casa surgiu com o intuito de abrigar eventos diversificados. Sua arquitetura, organização interna e estrutura possibilitam desde a realização de festas à produções culturais de grande porte.
A agenda do Absinto Hall é diversificada, abrange shows, espetáculos e festas dos mais variados estilos e tamanhos.
A casa dispõe de cinco mesas dentro das especificações da Confederação Brasileira de Sinuca, que garante a qualidade e o prazer em cada partida e as disputas ocorrem em meio a um ambiente vivo e despojado, sendo o clima do bar perfeito para o bate papo entre amigos.


O Que é Absinto


"Absinto" é uma bebida destilada feito da erva Artemisia absinthium. Anis, funcho e por vezes outras ervas compõem a bebida. Ela foi criada e utilizada primeiramente como remédio pelo Dr. Pierre Ordinaire, médico francês que vivia em Couvet na Suíça por volta de 1792.
É por vezes incorretamente chamado de licor, mas é na verdade uma bebida destilada.
O absinto foi especialmente popular na França, sobretudo pela ligação aos artistas parisienses de finais do século XIX e princípios do século XX, até a sua proibição em 1915, tendo ganho alguma popularidade com a sua legalização em vários países. É também conhecido popularmente de fada verde (La Fée Verte) em virtude de um suposto efeito alucinógeno. Charles Baudelaire, Paul Verlaine, Arthur Rimbaud, Vincent van Gogh, Oscar Wilde, Henri de Toulouse-Lautrec e Aleister Crowley eram adeptos da fada verde.


Aparência e consumo


Tem geralmente uma cor verde-pálida, transparente ou, no caso de envelhecido, castanho claro.

Criada originalmente como infusão medicinal pelo médico francês, com uma porcentagem de álcool muito elevada de 40% e 85%, na Belle epoque tornou-se a bebida da moda, contando com certo poder alucinógeno da planta Artemisia absinthium que a integrava e que deu nome à bebida.

Para apreciação de novos sabores, era servido com torrão de açúcar e láudano, este último um opióide. Sem o láudano, atualmente pode ser consumido com água, que reduz a graduação alcóolica da bebida. Desta forma, sobre o copo com a bebida é colocada uma colher perfurada que sustenta o torrão de açúcar, e por onde passará a água gelada que será vertida lentamente sobre o torrão.


Proibição


Na Europa do início do século XX o absinto pode ser considerado uma de droga de massas, levando a população ao alcoolismo e, segundo médicos da época, ocasionando outros problemas de sáude, inclusive mentais, tais como: epilepsia, impotência, tuberculose, sífilis, suicido e loucura.

Em 1873, após noite de consumo de absinto, o poeta Paul Verlaine atirou em Arthur Rimbaud, seu amante na ocasião. Van Gogh, além de suas perturbações inatas, estava sob o efeito do absinto quando cortou a própria orelha e agrediu Gauguin.
Na Suíça, considera-se que cerca de 40% da população adulta era dependente da "fada verde". Em 1912, cerca de 220 milhões de litros de absinto eram produzidos na França.[2] O consumo de absinto na França era tão elevado que a hora do consumo foi apelidada de hora verde, entre 17:00 e 19:00 da noite.
Além dos males causados à saúde popular, o absinto foi responsabilidade pelo aumento da criminalidade. Em 1905, Jean Lanfray assassinou sua família com uma espingarda após grande consumo de outros tipos de álcool e de absinto.
Em 1908, por plebiscito popular, foi proibido na Suíca, onde 63,5% dos eleitores apoiaram a proibição. Aplicada em 1910, a lei proibiu o absinto na Suíça. Outros países seguiram e em 1913 os EUA e quase toda Europa haviam adotado a proibição. Apenas na Espanha, Portugal, Dinamarca e Inglaterra ainda era permitido o consumo, desde que a bebida fosse produzida com quantidade limitada de tujona.
Em 1999 no Brasil, foi trazida pelo empresário Lalo Zanini e legalizada no mesmo ano, porém teve de adaptar-se à lei brasileira, com teor alcoólico máximo de 54ºGL.


É verdade que o absinto provoca alucinações?


Quando o absinto foi banido na França, na Suíça, nos Estados Unidos e em muitos outros países, no início do século 20, ele realmente caiu em desgraça. Ele não foi apenas reprovado; foi acusado de criar assassinos, transformar crianças em criminosos e mulheres em "mártires". O álcool tradicional recebeu tratamento semelhante durante o período da Lei Seca nos Estados Unidos, e isso se mostrou bastante oportuno. Hoje em dia sabemos que o absinto, fabricado de maneira apropriada, na forma de bebida alcoólica com aroma de anis, não é mais perigoso do que qualquer outra bebida devidamente preparada.

E as histórias de alucinações, Oscar Wilde e as tulipas, massacres em família e morte instantânea? Nada disso tem relação com o absinto, tecnicamente falando. O teor alcoólico do absinto é bastante elevado - algo entre 40% e 85%, o que equivale a cerca de 110 a 144 proof na graduação norte-americana. No Brasil, o maior teor alcoólico no absinto, segundo permite a legislação, é de 54%. Comparativamente, um uísque normal 40% (80 proof) vai parecer brincadeira de criança, e é por isso que a idéia é diluir o absinto. O absinto não é um alucinógeno; seu teor alcoólico e seu aroma de ervas o distanciam das outras bebidas.
O absinto tradicional é feito de anis, erva-doce e losna (uma planta), mas há diversas receitas que acrescentam outras ervas e flores à mistura. O anis, a erva-doce e a losna são embebidos em álcool e a mistura é destilada. O processo de destilação faz que os óleos das ervas e o álcool evaporem, separando-se da água e das essências amargas liberadas pelas ervas. Os óleos de erva-doce, anis e losna se recondensam com o álcool em uma área de resfriamento e o destilador dilui o líquido resultante até o grau que o absinto vai ter (com base em variações de marcas ou leis regionais). A essa altura, o absinto está claro; muitos fabricantes acrescentam ervas à mistura após a destilação para obter a clássica coloração verde da clorofila.

O princípio ativo que leva toda a culpa pela fama de alucinógeno do absinto se chama thujone, e é um componente da losna. Em doses muito altas, o thujone pode ser tóxico. Trata-se de um inibidor GABA (ácido gama-aminobutírico), o que significa que ele bloqueia os receptores GABA no cérebro e isso pode causar convulsões se você ingerir uma certa quantidade. Está presente em muitos alimentos, mas nunca em doses altas o suficiente para fazer mal. No absinto também não há quantidade suficiente de thujone que possa fazer mal. No final do processo de destilação, sobra muito pouco thujone no produto. A ciência moderna estima que uma pessoa que beba absinto morrerá de intoxicação pelo álcool muito antes de ser afetada pelo thujone. E não existe prova nenhuma de que o thujone possa provocar alucinações, mesmo em doses elevadas.

Levando em conta as análises atuais da bebida e de seus ingredientes, é bem mais provável que uma morte relacionada ao absinto seja atribuível ao alcoolismo, a uma intoxicação por álcool ou à ingestão de uma bebida de má qualidade, que, assim como a moonshine, uma bebida destilada ilegalmente, pode conter substâncias tóxicas. Não compre absinto de qualquer um - você correrá os mesmos riscos que correria bebendo moonshine vendido em uma barraquinha. E a menos que você tenha um destilador em casa, com aqueles kits faça-você-mesmo vendidos na Internet, você vai produzir uma bebida herbácea de gosto horroroso, não absinto.

Só para esclarecer, aquele homem que matou a família na Suíça em 1905, provocando um monte de restrições quanto ao absinto e até mesmo uma emenda constitucional, estava sob a influência do absinto - ele estava bebendo desde que acordou naquele dia, sem parar (e no dia anterior também). E Oscar Wilde? Bem, não restam dúvidas de que o poeta viu tulipas nas pernas enquanto andava sob a luz matinal depois de uma noite bebendo absinto em um bar local. Os poetas são assim mesmo. As pessoas normais não veriam tulipas após beber absinto, tanto quanto gim tônica.

Hoje em dia, o absinto é legal em quase todos os países onde o álcool é legal. Os Estados Unidos são um dos poucos países que ainda proíbem a venda de absinto.


Absinto, a fada verde



Álcool desinibe os inibidos, aproxima os distantes, aquece os frios. Faz de um bebedor irmão do outro – ou inimigo mortal. Eu acredito que, alterados por bebidas, não fazemos coisas que não faríamos de nenhum outro jeito, mas sim coisas que adoraríamos fazer, mas para as quais normalmente nos falta audácia (ou sobra senso do ridículo). A embriaguez traz à superfície o melhor e o pior de cada um. Pense naquele carinha tímido que após uma ou duas cervejas finalmente cria coragem para abordar a mina mais cobiçada da festa. Ou naquele sujeito violento que, depois de mamar todas, mata a família inteira.
Lendo, descobri o absinto. Não, nunca bebi. Mas de alguma forma caí no encanto da fada verde. Absinto marcou época. Simbolizou o hedonismo e o escapismo dos boêmios pré-século 20. Ganhou fama de alucinógeno forte, capaz de levar os adeptos a atos criminosos. Foi proibido em muitos países. É assim que seu simbolismo se torna mais forte ainda: não é apenas subversivo, é ilegal, coisa de mercado negro, de clube secreto. Deve ser vendido à socapa, consumido no fundo da alcova. Uma bebida para artistas, para amantes. Não por acaso, apreciada por pintores como Van Gogh e Picasso, poetas como Baudelaire e Rimbaud, escritores como Wilde e Hemingway, entre outros doidões grandiosos.
O Absinto é uma ervinha medicinal consagrada à deusa Artemis/Diana. Pode levar ainda plantas como funcho, anis, hisopo, erva cidreira. É verde. É amargo. Foi produzido pela primeira vez em 1792 por um certo Pierre Ordinaire, médico francês. Seu teor alcoólico podia chegar a 85% (quase um Álcool Zulu com um gostinho extra). Era servido com um torrão de açúcar, água e láudano, um opióide – parente da morfina e da heroína. Troço de doido mesmo. A característica endoidecedora do absinto é uma substância tóxica da losna: a tuiona, que excita as células cerebrais e que em grandes quantidades pode provocar convulsões.

Hoje, o absinto está legalizado na maior parte dos países que permitem o consumo de álcool. Sua gradação alcoólica é limitada a 53,5% no Brasil, que importa a bebida de Portugal. A tuiona permanece na receita, mas em porcentagem bem reduzida para não causar muito estrago. A bebida é consumida com açúcar e água mas, claro, sem láudano. Bom, vai saber.

Seguidores

NÃO EXISTE VITÓRIA...

SEM UMA DERROTA...

LINK ME

ImageChef Custom Images ImageChef Custom Images Create your own banner at mybannermaker.com! Create your own banner at mybannermaker.com! Create your own banner at mybannermaker.com! Create your own banner at mybannermaker.com! Create your own banner at mybannermaker.com! Create your own banner at mybannermaker.com! Create your own banner at mybannermaker.com! Create your own banner at mybannermaker.com! Create your own banner at mybannermaker.com! Create your own banner at mybannermaker.com! Create your own banner at mybannermaker.com!

Parcerias

Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Windows Live Messenger

Ocorreu um erro neste gadget

Meus Selos

http://3.bp.blogspot.com/_rULyEbuuPgQ/TS4LohvsejI/AAAAAAAAAUs/OPVaqSVdHQY/s1600/xselinho.jpg http://4.bp.blogspot.com/_rULyEbuuPgQ/TS4GzKAjmxI/AAAAAAAAAUk/ZM-k8qcC0dM/s1600/selinho.png
 

DARKNESS GOTHIC © 2009 | Template Design by Gothic Darkness |